3

Vênus adormecida

“Dorme aqui hoje”.
“Não, hoje eu só vim fazer sexo com você, quero dormir na minha cama”, ela disse.
“Jura que vai resistir a essa cama macia?”
“Me come primeiro e depois a gente conversa!”.
E o beijou. Um beijo mordido, molhado e quente. Ela lembrava a Vênus Adormecida do renascentista Giorgione, porém moderna com as tatuagens rabiscadas pelo corpo. Pássaros, flores, frases. E uma língua que rebolava pelo peito raspado dele. E seguia tórax abaixo e encontrava o pau que engolia com tanta vontade. Nua, precisa com a chupada molhada do jeito que todo cara aprecia. Babava e descia pelo saco enquanto a saliva quente, em abundância, escorria. Ele jogava a cabeça para fora da cama em um gemido longo. Logo ela subia e o beijava na boca. E ele virava e ria cantando trecho da música que estava no repeat nas caixas de som. Cheirava seu pescoço, alisava os peitos pequenos e os beijava. Cabia fácil, quase por inteiro nos seus lábios. Parava nos mamilos delicados enquanto a mão descia pelo ventre até chegar a boceta molhada. Ela gemia alto, gemia baixo, aquele gemido que mais parecia elogio. E ele com o dedo médio achava o ponto certo e a pressão necessária para faze-la pedir mais. E por alguns segundos parou e quis apenas olhá-la...
“Tirou a mão porque?”, ela perguntou “só deixo tirar a mão se for pra colocar a boca e só deixo tirar a boca se for pra colocar o pau!”.
Ele gargalhou alto e solto. Buscou a camisinha numa gaveta bagunçada, deu um beijo profundo na boceta que soltou leves espasmos e a penetrou fundo e forte...


3 comentários:

  1. Que delícia de post!

    beijo rouge

    Dani

    ResponderExcluir
  2. Que o espirito natalino nos transforme em pessoas mais amáveis, adoráveis e que não tenham vergonha de mostrar o verdadeiro ser humano que existe dentro de cada um!
    São o votos dos que dão duro para fazer o SeximaginariuM um blogue melhor!
    FELIZ NATAL A VOCÊ SEXIMAGINARIO!
    Bjssss
    Leo.Seximaginarium

    ResponderExcluir